Arquivo da categoria: corno

negao-estourando-o-cu-da-minha-mulher

Negão estourando o cu da minha mulher

Negão estourando o cu da minha mulher.


clique e veja

blowjob, boquete, brunette, buceta grande, Chupando, corno, coroa, cumshot, engolindo porra, esposa, facial, Gangbang, milf, mulher casada, multipleblowjob, multiplo boquete, rabuda, tetuda, vadia, bunda, bunda grande, bunduda, Calcinha, carro, cavala, corno, curto, deliciosa, esposa, exibindo, fotos amadoras, gostosa, gostosona, peituda, pelada, putaria, raba, rabão, rabuda, safada, short, tirando a roupa, corno, esposa fodendo com estranho na rua, esposa fodendo na rua, esposa traindo o marido, fodendo a mulher do corno, fodendo esposa de corno na rua, marido corno filmando esposa com outro, marido filmando esposa fodendo, mulher de corno, sexo em público, comendo o cú da Mulher de corno, corno ajudando comedor foder esposa, fodendo a Mulher de corno, Fotos de mulher de corno, gozando dentro da mulher de corno, Mulher de corno amante, Mulher de corno batendo punheta para estranhos, Mulher de corno com negro dotado, Mulher de corno dotado, Mulher de corno engolindo porra, Mulher de corno fazendo sexo com amante, Mulher de corno fazendo sexo com cachorro, Mulher de corno fazendo sexo com cavalo, Mulher de corno fazendo sexo com homem bem dotado, Mulher de corno fazendo sexo com negros, Mulher de corno fazendo sexo dentro do carro, Mulher de corno fodendo, Mulher de corno gozando, Mulher de corno grávida, Mulher de corno levando gozada na boca, Mulher de corno nua, Mulher de corno nua dentro do carro, Mulher de corno transando sem camisinha, mulher traindo o marido, vídeo de mulher de corno, video de reprodutor, vídeo de sexo de mulher traindo marido, vídeos de corno, vídeos de sexo de mulher de corno

caminhando-com-consolo-no-cu

Xvideos Esposa do corno correndo com o consolo no ânus

Xvideos Esposa do corno correndo com o consolo no ânus.


clique e veja

esposa do corno correndo com o consolo no anus xvideos gratis,grátis assistir agora mesmo vídeo pornô grátis da casada safada vídeo de sexo grátis sexo vídeos pornô tube Extreme servidor grátis piadas safada fazendo caminhada enquanto marido filma esposa safada com o consolador correndo pela rua louca para fazer um sexo anal assistir agora mesmo jeito pornô grátis casadas safadas querendo muito Poderoso com amante amante filmando esposa do corno o cuzinho vídeo grátis assistir vídeo pornô grátis esposa do corno consolo dentro do anos de pornô grátis casadas safadas fazendo caminhada querendo fazer sexo anal procurando macho na rua vídeo pornô grátis assistir agora mesmo.free watch now free porn video of married naughty free sex video sex porn videos tube Extreme server Free naughty jokes doing walk while husband shoots wife naughty with the comforter running around crazy street for anal sex watch now free porn like naughty married wanting very powerful with horn wife lover lover filming the ass video free watch free porn video wife consolation horn within the years of naughty married free porn doing walking wanting to do anal sex male looking at free porn video watch street right now

esposa-piranha-pegando-no-pau-de-estranhos-dentro-de-um-bar

Esposa piranha pegando no pau de estranhos dentro de um bar

Esposa piranha pegando no pau de estranhos dentro de um bar. Esta esposa de um marido corno manso assumido passou dos limites ao pegar no Pênis de estranhos dentro de um boteco longe da cidade em que moram. No vídeo o maridinho corno filma a cena enquanto a esposa vadia, vagabunda, puta e safada é flagrada pegando no kct durto e grosso de vários homens dentro de um boteco. A cena se desenrola e não só ela pega nos cecetes, a esposa piranha pegando no pau de estranhos dentro de um bar, ainda chupa e enfia estes cacetes dentro da buceta e do cu e só para depois de tirar muita porra destes tarados e deixa-los gozar sem camisinha dentro do cu e da sua buceta, porque mulher de corno é assim: Compartilhada com todo mundo. Veja este e outros vídeos amadores de flagras reais aqui em nosso site. Para acessar os demais vídeos basta voltar à nossa página principal ou visualizar as opções nas barras laterais ou no fundo do site.


clique e veja

levei-minha-esposa-na-praia-para-foder-com-um-negao

Levei minha esposa na praia para foder com um negão

Levei minha esposa na praia para foder com um negão.  Este vídeo é a fantasia de todo marido corno assumido. Levar a esposa na praia, procurar um negão dotado e cheio de tesão e oferece-la ao negão para que este desfrute dela durante horas enquanto você fica apenas apreciando e filmando a cena. Foi o que aconteceu com este casal que encontrou um negão na praia e ele logo topou transar com a esposa do corno sem camisinha e gozar litros de esperma dentro da buceta dela. A safada rabuda cavalgou feito uma puta no cio, gritou alto e gozou na vara do negro. veja o vídeo!


clique e veja

esposa-perfeita-rabuda-virgem-nua-na-praia

Esposa perfeita rabuda virgem nua na praia

Esposa perfeita rabuda virgem nua na praia. Imagine só você com uma beldade destas em uma praia deserta? Uma mulher com uma bunda perfeita como esta, seios pequenos, buceta raspada perfeita, gata, gostosa e muito, muito safada. No vídeo ela se expõe para o marido voyeur que tem o maior tesão de expor a esposa gostosa na praia para quem quiser ver. Veja este vídeo da Esposa perfeita rabuda virgem nua na praia, mostrando sua bunda perfeita.


clique e veja

goza-rapido-que-meu-marido-ta-chegando

Goza rápido que meu marido tá chegando

Goza rápido que meu marido tá chegando. Neste vídeo amador de sexo, a esposa aparece traindo o marido corno, porém desta vez o corno não sabe que é corno. Nas imagens ela chega a pedir para o comedor dotado e safadão para que goze rápido pois o maridão safado e chifrudo está para chegar: “Goza rápido que meu marido tá chegando”. No vídeo é possível perceber que a esposa cheia de tesão chama o pedreiro dotado que trabalhava em uma obra em sua casa para foder forte e gozar dentro da sua buceta sem camisinha enquanto o marido corno dá uma saída. Veja este e outros vídeos amadores de flagras reais aqui em nosso site. Para acessar os demais vídeos basta voltar à nossa página principal ou visualizar as opções nas barras laterais ou no fundo do site.


clique e veja

marido-bebado-mulher-safada-anal-garantido-9

Marido bêbado, mulher safada, anal garantido

Marido bêbado, mulher safada, anal garantido. Eu era bem garotão ainda e um pouco tímido, estava no auge do tesão , batia punheta três vezes ao dia, eram esporradas tesudas.

marido-bebado-mulher-safada-anal-garantido-1
Meus pais alugavam uma casa de três cômodos nos fundos da nossa casa no mesmo quintal. Certa vez foi morar um casal o Tião e a Dirce, Eles tinham na faixa de uns trinta e poucos anos, o Tião trabalhador braçal sempre chegava depois das oito horas em casa geralmente depois de beber umas no barzinho a esquina e a Dirce ficava em casa, era uma mulher brancona, ancas grandes uns peitões tesudos usa sempre vestidos curtos soltinhos acima dos joelhos, não era uma deusa da beleza mas não era feia e era bem gostosona uma bunda nossa.
Como a janela do meu quarto dava pros fundos tinha uma visão generosa da casa deles e do quintal onde ela lavava roupa e estendia no varal, além do que a janela do único quarto ficava de frente para o meu.

marido-bebado-mulher-safada-anal-garantido-2
Bom eu no auge do meu tesão ficava de pau duro só de vê-la lavando roupa se molhando toda e depois estendendo no varal. Eu ficava na janela como quem não quer nada, ela olhava sorria e continuava na lida eu colocava a mão dentro do shorts punhetando o dia todo, como era gostoso e quando ela se debruçava no tanque nossa aquela bunda gostosa o vestidinho bem pra cima no meio das coxas balançando, as vezes ela se molhava tanto que dava pra ver ate as aureolas. No começo eu disfarçava o Maximo possível com o tempo fui ficando meio descarado e punhetava gostoso ficava só de camiseta sem shorts e o como da janela só dava pra ver a parte de cima nossa era muito bom as vezes minha mãe saia então era o Maximo eu ficava pelado mesmo debruçava na janela parecia que ela adivinhava pq ai ela colocava um vestidinho de florzinha bem fininho uma tanguinha socada e ficava sem sutien os peitões soltos balançando, ela ficava horas lá fora ajeitando as coisas andando de um lado pro outro e eu punhetando pelado dentro do quarto com a janela aberta, fui ficando mais ousado ainda, depois de um tempo eu subia numa cadeira em frente ao guarda roupa e fingia procurar revistas em cima mas sem o shorts depois descia e ia para a janela, só pra ela ver que eu estava só de camiseta. Como era gostoso eu olhava aprendi a ficar olhando pelo espelho do guarda roupa e via que ela tb ficava olhando assim eu abria um pouco as pernas pra dar pra ver o saco por trás e ficava mexendo na rola ajeitando arregaçando, batia punheta cuspia na cabeçona tudo em cima da cadeira de frente pro guarda roupa, quando estava pra gozar descia ia pra janela e ficava com as duas mãos na rola punhetando forte olhando ela continuar mexendo nas coisas, sabia que ela olhava e isso me dava mais tesão.

marido-bebado-mulher-safada-anal-garantido-3

Um dia o Tião chegou bem bêbado, eu tinha passado o dia batendo punheta e ela no quintal, ele chegou caindo, tinha visto ela abrir porta com uma camisola, mas deixei a janela encostada já que o Tião já tinha chegado. Naquele dia minha mãe e meu pai tinham saído eu estava sozinho em casa, como estava bem quente eu sai pro quintal, sentei num banco e fiquei por lá, nisso a Dirce abriu a porta e saiu pra fora com a mesma camisola que eu tinha visto ela receber o Tião, nossa não tinha percebido mas ela estava sem sutien os seios quase saltando fora e a camisola era de algodão mas bem curta acima do meio dos joelhos e finissima, ela sorriu e puxou conversa sentando num outro banquinho de frente comigo, mas na varadinha dela, disse algo sobre calor e que o Tião já tinha desmaiado e deixado ela sozinha, eu não conseguia parar de olhar as coxas e os peitões,

marido-bebado-mulher-safada-anal-garantido-4

meu pau começou a latejar no shorts nem dava pra disfarçar, continuamos a conversa boba e ela falou de dor nas costas começou a alisar os ombros e falou meio dengosa “ Sérginho, bem que você podia me fazer uma massagem aqui nos meus ombros não é, se você fizer depois eu faço uma em você tb pode ser?” antes dela terminar eu já estava em pé tentando massagear (já que não entendia nada de massagem) ela ficou soltinha e afastou um pouco pra trás, meu pau estava tão duro, grosso e latejava, como ela balançava pra frente e pra trás devagar, cada vez que ia pra trás eu dava uma idinha pra frente e o pinto duro encostava nas costas dela, na primeira vez fique receoso, mas foi continuando eu já estava empurrando o pau duro nas costas dela igual um cachorro esfregando numa cadela, latejava colado, ela estava com as pernas um pouco juntas e foi abrindo, abrindo as pernas e a camisolinha ia subindo nossa ela começou a gemer ficando colada com as costas no meu pau nos dois sem falarmos nada, ela gemendo baixinho o meu pinto latejando nas costas dela, eu dei um jeito e puxei fora do shorts, que tesão eu fodia as costas dela e ela gemia, então colocou a mão pra trás segurou e começo a me punhetar devagar, com a outra mão enfio entre as coxas mexendo na buceta, devagar no inicio, mas foi aumentando o ritmo começando a se masturbar com gosto sem parara gemendo e me batendo punheta no mesmo ritmo, eu nem massageava mais os ombros dela so segurava e puxava pra trás, dei uma gozada tesuda nas costas e mãos dela que molhou a camisolinha por trás todinha de porra, mas meu pau continuou duro e ela continuou a segurar virou o rosto de lado e chupou enfiou inteiro na boca chupou com gula ..

marido-bebado-mulher-safada-anal-garantido-5

que delicia, depois de chupar um tempinho ficou em pé colocou uma mão no tanque e com a outra levantou a camisola e me perguntou “quer enfiar?”, eu só balancei a cabeça que sim ela disse “Vem eu te ajudo” cheguei perto por trás vendo a buceta e abunda tesuda, ela pegou o pau bem em baixo segurando parte do saco junto e ajeitou na entrada daquela bucetona por trás, a cabeça inchada melada foi atolando entre os grandes lábios ela mandou eu segurar nas ancas e empurrar e eu fiz empurrei com gosto entrou tudo até o saco bater comecei a foder … ela gemia falando sacanagens dizendo que fazia tempo que precisava de uma rola dura que a rola do Tião sempre tava mole e falava “fode meu moleque fode”, eu fodia sem dó com gosto… ela segurando a camisola levantada eu com o pau saindo pelo lado do shorts dei outra esporrada mas não parei continuei bombando ela gozou tanto que parecia estar urinando em mim. Meu pau ainda tava duro e eu com vontade de aquela bunda ..

marido-bebado-mulher-safada-anal-garantido-6

Nossa falei pra ela impulsivamente “Dirce quero comer seu cu a senhora você deixa?” ela não disse nada só colocou as duas mãos uma de cada lado das nadegas e abriu bem abunda “ vêm pode comer meu cu sim come, mas primeiro lambe a entradinha e cospe e empurra a saliva pra dentro dom os dedos, pra lambuzar bem”, eu me ajoelhei e cheirei aquele cu guloso a bucetona avermelhadona aberta tava escorrendo eu dei uma lambida na buceta tb que ela gemeu….

marido-bebado-mulher-safada-anal-garantido-7

depois comecei a lamber o cu que piscava na minha língua enfiei um dois três dedos ela rebolava gemendo dizendo putarias que nem imaginava falava “deixa o meu cú arrombado moleque, atola até as bolas que o Tião na consegue enfiar o pinto mole nem na buceta imagina no cú” depois de lamber mexer fiquei em PE e comecei atentar enfiar mas a cabeça escorregava da entrada ela esticou uma Mao segurou pertinho da cabeçona e foi encostando no buraco do cú e ajeitando segurnado não deixando escapar ate que a cabeçona atolou ela gemeu arcou as costas soltou a rola e mandou “ agora arromba moleque” segurei suas ancas e atolei nossa que cú guloso enfiei fundo o cu mordia meu pau ela tremia toda gemendo rebolando jogando abunda pra trás fodi muito ela gemendo meu pau duro entrando e saindo do cu da Dirce comecei a esporrar no cu dela ela sentiu e gemeu alto dizendo

marido-bebado-mulher-safada-anal-garantido-8

“ enche meu cu de porra isso enche que vou gozar putinho ahhhhhh” nossa terminei de gozar ela disse “ não tira não tira deixa sair sozinho” foi diminuindo e escapando de dentro assim que saiu ela se ajoelhou e chupou limpando todinho depois me deu um beijo no rosto e disse “agora vamos dormir não é mesmo” .. ela entrou e eu fui pra casa. Depois desse dia aconteceu cada coisa que conto depois…

vendo-minha-esposa-sendo-enrabada-por-estranhos-4

Vendo minha esposa sendo enrabada por estranhos

Vendo minha esposa sendo enrabada por estranhos. Estou casado há 8 anos, sempre tive uma boa vida sexual com minha esposa, tive umas pequenas aventuras nesse período mas pelo que eu sabia ela nunca tinha feito o mesmo, bem, isso é pelo eu que pensava. Todos os dias as 18:00 eu apegava na empresa até a empresa onde ela trabalha para irmos para casa. Em uma sexta-feira qualquer, acabei chegando mais cedo, como tinha que esperar e não estava afim de ficar no carro, fui entrando, cheguei até a sala dela e não a vi por ali, ela é secretária de um dos diretores. Sentei e fiquei esperando. Com o silencio acabei ouvindo pequenos gemidos da sala ao lado, a sala do diretor dela. Fiquei claro curioso e mais ainda desconfiado, afinal ela não estava ali e os gemidos eram de uma trepada. Abri com todo cuidado a porta procurando evitar qualquer ruído, típico do corno manso.

vendo-minha-esposa-sendo-enrabada-por-estranhos-1

Então eu vi o que eu esperava ver. Ela estava de 4 sobre o tapete da sala e o tal do diretor por trás dela, ambos de costas para a porta. Minha loirinha gostosa estava recebendo o pau do chefe dela em sua bunda, ele entrava e saia do seu cu, chegou a tirar todo o cacete e meter tudo de novo, ela segurava o gemido e agüentava o mastro dele enterrando em sua bunda. Quando ele parava ela continuava com o movimento para absorver ainda mais o outro dentro dela. Ele a deitou no chão e então socou com muita força, ela mordia o tapete para não poder gritar e ele socando com tudo dentro dela, não agüentou muito e o vi gozando dentro do rabo da minha loirinha linda. Fechei a porta e sai.

vendo-minha-esposa-sendo-enrabada-por-estranhos-2
Voltei para o carro e esperei, fiquei revendo a cena do outro a comendo, meu pau duro, vontade de bater uma punheta ali mesmo. Durante todo o tempo de casados ela só tinha me dado o cu uma vez e mesmo assim nem terminamos nele, diz que sentia dor e não queria, sequer eu tinha enfiado todo o pau dentro do rabo dela e no entanto naquele dia eu a via receber aquele cacete enorme dentro do cu e se divertia com ele. Na hora de sempre ela chegou. Beijou minha boca e estava como sempre estava todos os dias, falando, feliz, contando novidades e entusiasmada com o trabalho. O final de semana passou, transamos, tentei comer o cu dela mas foi impossível, ela disse que isso ela não fazia porque doía demais, fiquei lembrando da imagem do cacete do outro dentro daquele rabinho e ela quase pedindo mais.

vendo-minha-esposa-sendo-enrabada-por-estranhos-3
Nas terças-feiras ela tem aulas a noite de um curso de aperfeiçoamento e desconfiado resolvi segui-la naquela semana. Tão logo a deixei, o chefe chegou e os dois foram para o motel, ficaram por duas horas por lá. Quando a encontrei lá estava ela com a mesma felicidade e entusiasmo. Tentei come-la naquela noite mas ela não quis, por que será não é mesmo? Acabei batendo uma punheta e gozando pensando no chefe a possuindo.
Uma semana depois abri o jogo, disse a ela que sabia de tudo e por mais incrível que parecesse estava excitadíssimo com tudo aquilo. Falei ainda mais, falei que queria vê-la dando pra outro. Ela topou a idéia mas achou melhor que isso não fosse com o chefe dela, afinal éramos conhecidos e as coisas não poderiam fica legais depois. Concordei. Saímos um dia a noite e de uma boate saímos eu, ela e um outro rapaz louco de vontade de fode-la.
Ela o deixou acabado na cama, fez o serviço completo com ele, primeiro o recebeu no cu, o cara não acreditava que estava comendo uma bunda como aquela, linda, branquinha, com um cuzinho gostoso. Ele meteu como um louco e ela gemia demais, gritava recebendo o cacete duro dele e foi assim até ele socar tudo dentro dela e liberar toda a porra na camisinha. Ela tirou a camisinha dele, chupou de novo o seu pau e sentou sobre ele, ainda que estivesse em meia recuperação, foi sentando, subindo e descendo até ficar bem duro de novo, então aumentou a velocidade e aproveitou, gozou duas vezes com ele, enquanto gozava me xingava e me chamava de corno, me chamava de chifrudo frouxo, de corno manso e mais e mais dava para o outro. Eu estava nu batendo uma punheta, cada vez que ia gozar eu parava, segurava e apreciava a minha esposinha dando como nunca. O cara também estava entusiasmado e quando estava para gozar viu ela sair de cima dele, viu a camisinha sendo tirada e a o boca na minha linda esposa engolindo o cacete dele e o chupando com toda velocidade possível, não suportou e soltou a sua porra na garganta dela. Em todo este tempo ela nunca havia tomado minha porra, agora se fartava com a de um desconhecido, com certeza fazia o mesmo com a do chefe. Ela tinha me confessado que o fazia gozar quase todos os dias e nas terças iam sagradamente ao motel, ela nunca havia assistido uma aula do tal curso.
Depois dessas duas trepadas ainda fez o rapaz gozar mais duas vezes em sua buceta e bateu uma para mim até que gozei sobre os seus seios.

vendo-minha-esposa-sendo-enrabada-por-estranhos-4
Nossa vida sexual ficou diferente depois de tudo isso. Durante a semana ela continua dando para o chefe e o fazendo gozar quase todos os dias, normalmente em sua boca em uma chupeta na ora do almoço. Nos finais de semana normalmente saímos e pegamos algum rapaz pra ela se divertir, as vezes participo comendo sua buceta mas o cu ela só me deu uma vez, embora sempre o de para outro, também com minha porra, apenas uma vez a tomou, embora diga que adora quando um homem a solte em sua boca quente e macia.